Login do usuário

To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Recurso Prova STJ/Desenvol - Questão 63

Conforme consta do gabarito preliminar, essa questão estaria CORRETA ao afirmar que "BPM é uma concepção que une gestão de negócios e TI, com ênfase na otimização dos resultados das organizações por meio da melhoria dos processos de negócios".

Entretanto, conforme consta da seção 2.2 (página 40) e do glossário (página 415) do Guia BPM CBOK, versão 3.0, em português (Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento), editado pela Associação de Profissionais de Gerenciamento de Processos de Negócio (ABPMP), a definição internacionalmente aceita de BPM é a seguinte:

"Disciplina gerencial que integra estratégias e objetivos de uma organização com expectativas e necessidades de clientes, por meio do foco em processos ponta a ponta. BPM engloba estratégias, objetivos, cultura, estruturas organizacionais, papéis, políticas, métodos e tecnologias para analisar, desenhar, implementar, gerenciar desempenho, transformar e estabelecer a governança de processos".

Nota-se, portanto, que enquanto a questão recorrida afirma que o BPM "une gestão de negócios e TI", a definição formal indica que o BPM "integra estratégias e objetivos de uma organização com expectativas e necessidades de clientes". Ademais, em momento algum a referida definição oficial - apesar dos diversos aspectos citados em sua segunda parte - menciona a necessidade do uso de TI como parte integrante do BPM. Por outro lado, o mesmo BPM CBOK, em sua seção 10.2.4 (página 372), define BPMS (acrônimo para Business Process Management Suite) da seguinte maneira: "BPMS fornece um novo tipo de ambiente de negócio que integra negócio e tecnologia da informação".

Resta evidente, portanto, que a afirmativa constante da questão se aplica à definição de BPMS, e não de BPM.

Vale ressaltar que o BPM CBOK, conforme consta de seu capítulo 1 (páginas 19 e 20) é a referência básica para profissionais de BPM e tem, como um de seus objetivos, a utilização de um vocabulário comum entre todos que atuam nessa área. Justamente com esse propósito, apresenta um glossário detalhado de onde foi extraído o conceito de BPM usado na presente argumentação.

A esse respeito, cabe destacar ainda que as questões 60, 62 e 64, integrantes do mesmo conjunto de enunciados a respeito do gerenciamento de processos de negócio, tiveram seu conteúdo integralmente baseado no referido guia. A questão 60 refere-se aos conceitos de métrica e indicador, constantes das seções 6.5.3 e 6.5.4, página 199 do BPM CBOK 3.0, foi corretamente dada como errada por apresentar inversão no uso dos dois termos. A questão 62, que trata das atribuições de arquitetos de negócios e arquitetos de processos, está errada por apresentar semelhante inversão nas descrições dos papéis, em relação ao que consta da seção 3.2.5, página 77 do guia. Por fim, a questão 64 trata das classificações possíveis de processos de negócio, tema da sessão 2.1.2 do guia, páginas 35 a 37.

Portanto, considerando que a afirmativa constante da questão 63 está em desacordo com o que consta do BPM CBOK, referência utilizada para elaboração e julgamento das demais questões sobre o assunto BPM na prova, solicito respeitosamente que o GABARITO SEJA ALTERADO, passando a questão a ser considerada ERRADA.

Em complemento, caso essa banca entenda inaplicável a argumentação apresentada, por ter se baseado em referência diversa para obtenção do conceito de BPM, solicita-se que a QUESTÃO SEJA ANULADA, por divergência entre as referências utilizadas para elaboração de questões sobre um mesmo tema.